Explosão em usina de gás no Connecticut deixa dois mortos

Pelo menos 100 pessoas teriam ficado feridas no acidente, segundo as equipes do resgate médico

REUTERS

07 de fevereiro de 2010 | 17h26

Usina Klee Energy que explodiu neste domingo. Foto AP Photo/Catherine Avalone

 

Pelo menos duas pessoas morreram e dezenas ficaram feridas neste domingo, quando uma explosão de grandes proporções destruiu uma usina de gás em construção na cidade de Middletown, Connecticut, nos Estados Unidos, informou a polícia. Funcionários dos serviços de resgate médico disseram que há pelo menos cem feridos, quatro deles em estado crítico, e dois mortos, segundo o site do jornal Hartford Courant.

A estação local WFSB, da CBS, informou em seu site na Internet que teme-se que haja até 250 feridos. Dezenas de ambulâncias e vários helicópteros foram para o local da usina Kleen Energy, na margem do rio Connecticut.

"Havia corpos por toda parte", disse uma testemunha. Outra testemunha disse ao jornal que muitas vítimas podem estar soterradas nos escombros.

Kevin White, da polícia de Middletown, disse à Reuters que não sabe quantas pessoas estavam no local no momento da explosão, mas que há "vítimas em grande número".

O bombeiro Cliff Seifert confirmou várias vítimas. A funcionária dos serviços de emergência estaduais Betsy Hard disse que as autoridades locais pediram ajuda ao Estado e convocaram uma equipe de buscas e resgates urbanos.

Middletown é uma cidade universitária a 37 quilômetros ao sul de Hartford, a capital do Estado. A explosão foi sentida a 16 quilômetros de distância, e fumaça negra era visível por quilômetros em volta do local.

"Senti o chão tremer e pensei que uma árvore tivesse caído nas proximidades", contou Ethan Goller, que no momento da explosão estava trabalhando em sua garagem em Ivoryton, a 12 quilômetros de Middletown.

(Reportagem de Alan Elsner, Tori Clarke, Dan Trotta e Ros Krasny)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAEXPLOSAOGASCONNECTICUT*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.