Jim Lo Scalzo/Efe
Jim Lo Scalzo/Efe

Família Obama promove sarau de poesias na Casa Branca

Segundo o presidente americano, em uma nação que foi construída sobre a base da liberdade de expressão, os poetas sempre exerceram 'um papel importante', o de contar a história americana

Efe,

12 de maio de 2011 | 00h28

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e sua esposa, Michelle, foram anfitriões na quarta-feira, 11, de um sarau de poesias na Casa Branca, do qual participaram destacados escritores e músicos.

 

"O poder da poesia é que todo mundo a vive de forma diferente", afirmou Obama durante um breve discurso de boas-vindas a seus convidados.

"Um grande poema é aquele que ressoa em nós, que nos desafia e que nos ensina algo sobre nós e sobre o mundo em que vivemos", indicou o presidente americano.

 

Segundo ele, em uma nação onde se construiu sobre a base da liberdade de expressão, os poetas sempre exerceram "um papel importante", o de contar a história americana.

 

Nesse sentido, Obama lembrou que foi após o bombardeio do Fort McHenry, em Baltimore (Maryland), durante a guerra de 1812 - que enfrentou britânicos e americanos -, que um jovem advogado chamado Francis Scott Key escreveu o poema que se transformaria no hino americano.

 

O sarau desta noite, que parte de um ciclo de jornadas musicais que Obama e sua esposa desenvolveram na Casa Branca desde sua chegada, contou com artistas e escritores como a poetisa Elizabeth Alexander, a cantora Aimee Mann e o rapper Common.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.