FBI detém 100 suspeitos da máfia em Nova York

Autoridades federais começaram a prender mais de 100 suspeitos do crime organizado nesta quinta-feira, disse o FBI. O canal NBC de Nova York disse que a operação foi a maior detenção de membros da máfia na história da cidade.

REUTERS

20 de janeiro de 2011 | 14h54

O procurador-geral dos Estados Unidos, Eric Holder, e outras autoridades devem realizar uma coletiva de imprensa no Brooklyn ainda nesta quinta-feira para divulgar maiores detalhes.

"No começo desta manhã, agentes do FBI, junto com outros parceiros de combate ao crime, começaram a prender cerca de 100 membros do crime organizado sob diversas acusações criminais", disse em breve comunicado Diego Rodriguez, agente especial do FBI responsável por Nova York.

A NBC de Nova York, citando fontes anônimas, disse que o FBI considerava ser a maior operação contra a máfia na história da cidade, e que tinha como alvo cinco "famílias" mafiosas de Nova York, e uma de Nova Jersey.

Os supostos criminosos seriam acusados de chantagem, assassinato e diversos outros crimes, que serão revelados no tribunal federal de Brooklyn, informou o New York Daily News.

(Reportagem de Daniel Trotta)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAMAFIADETIDOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.