Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Filhas de Bush dão conselhos às filhas de Obama

WASHINGTON, 20 de janeiro (Reuters Life!) - As filhas gêmeas de George W. Bush deram alguns conselhos para as filhas de Barack e Michelle Obama: encontre amigos leais, escorregue pelo corrimão e lembre-se sempre de quem seu pai realmente é. Barbara e Jenna Bush, 27, refletiram sobre os anos que passaram na Casa Branca em uma carta aberta a Malia, 10, e Sasha, 7, no Wall Street Journal de terça-feira. "Nós também vimos a Casa Branca pela primeira vez com os olhos inocentes e otimistas de criança", escreveram, contando a impressão que tiveram da Casa Branca quando o avô, George Bush, tornou-se o 41o presidente dos Estados Unidos, em 1989. "Aos sete anos de idade, nossa imaginação voou longe. Brincávamos nos quartos bonitos e enormes. Tínhamos sonhos e brincadeiras tão românticas quanto aquele cenário". As gêmeas retornaram à casa em 2001, quando o pai tornou-se presidente. "A Casa Branca nos recebeu de volta e não há dúvida de que é um lugar mágico em qualquer idade", escreveram Jenna, que é escritora e professora, e Barbara, que trabalhou para vários museus e instituições de caridade. As gêmeas aconselharam as filhas de Obama a "absorverem e curtirem tudo", já que quatro anos passam rápido. Mas elas também deram conselhos mais específicos: - arranjem amigos leais - se viajarem com seus pais no Halloween, não deixe que isso as impeça de fazer o que fariam normalmente - cuide bem de seus bichos de estimação, "porque às vezes vocês vão precisar do consolo que só os animais dão". - escorreguem pelo corrimão do solário, façam festas na piscina e brinquem no gramado da Casa Branca. Divirtam-se e aproveitem a infância. - quando seu pai fizer o primeiro arremesso para os Yankees, compareçam ao jogo - na verdade, façam tudo o que puderem As filhas de Bush também avisaram a Sasha e Malia que serem filhas de um presidente nem sempre será fácil, pois elas terão que ver pessoas retratando o pai como uma pessoa diferente da que elas conhecem. "Muitas pessoas vão achar que o conhecem, mas elas não fazem idéia de como ele se sentiu no dia em que vocês nasceram, o orgulho que sentiu no seu primeiro dia na escola ou o quanto vocês adoram ser filhas dele", escreveram. "Então, aqui vai nosso conselho mais importante: lembrem-se de quem seu pai realmente é".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.