Flórida aprova lei que permite levar armas ao trabalho

Medida aprovada no Senado autoriza trabalhadores a levarem armas em seus carros para se defenderem

Reuters,

09 de abril de 2008 | 21h03

A maior parte dos moradores da Flórida poderão levar armas ao trabalho com a aprovação de uma medida pelo Legislativo do Estado nesta quarta-feira, 9. A lei, que permite aos trabalhadores guardarem armas em seus carros para se defenderem, foi aprovada pelo Senado por 36 votos a 13. Agora, a medida será enviada ao governador republicano Charlie Crist, para ser assinada.   Apoiada pela Associação Nacional das Armas e algumas associações de trabalhadores, a lei proíbe os donos das empresas de banirem a entrada das armas. A medida se aplica aos empregados e clientes dos estabelecimentos comerciais, desde que tenham permissão legal para o porte de armas.   Os defensores da medida dizem que ela é apoiada pela Constituição americana, que permite o porte de armas como parte da Declaração dos Direitos dos Cidadãos. "A segunda coisa escrita nesta Constituição é o direito de carregar armas", disse o senador republicano Durell Peaden.   A lei exclui alguns lugares, como usinas nucleares, prisões, escolas e companhias cujos negócios envolvam segurança. Críticos afirmam que os donos das empresas têm o direito de determinar o que acontece dentro de seus estabelecimentos, e a medida coloca funcionários em risco.   Dezenas de tiros são disparados em ambientes de trabalho nos Estados Unidos todos os anos. Estudos recentes mostram que empresas onde é permitido que seus funcionários portem armas têm maior risco de se tornarem palco de homicídios que outras onde as armas são proibidas.

Tudo o que sabemos sobre:
porte de armasFlórida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.