Fox pede aos EUA aprovação da reforma migratória

Se aprovada, os cinco milhões de imigrantes ilegais mexicanos terão respaldo legal

Efe,

10 de outubro de 2007 | 06h03

O ex-presidente mexicano Vicente Fox pediu na terça-feira, 9, ao Congresso dos Estados Unidos que aprove o mais rápido possível a reforma migratória. Com a aprovação, os cerca de cinco milhões de imigrantes ilegais mexicanos que vivem no país terão respaldo legal. "Eu sou migrante e entendo bem o que se sofre, sei como é triste, mas também sei que tem suas recompensas", assegurou à agência Efe o ex-líder durante sua visita a Nova York onde apresentou seu livro autobiográfico. "A xenofobia e o temor não são bons conselheiros", portanto, para Fox, "tudo está nas mãos do Congresso, porque os cidadãos já demonstraram que apóiam a reforma migratória, que já foi aprovada por Bush", completou Fox.

Mais conteúdo sobre:
EUAreforma migratória

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.