Frio 'ameaçador' atinge região centro-oeste dos Estados Unidos

Moradores da região centro-oeste dos Estados Unidos no domingo preparavam-se para o clima mais frio em duas décadas, com temperaturas que os meteorologistas advertiram poderiam ser ameaçadoras.

Reuters

05 de janeiro de 2014 | 16h42

O gelo atrapalhou viagens em toda a região e milhares de voos foram cancelados ou atrasados, algumas autoridades fecharam escolas preventivamente, e em um aeroporto de Nova York um avião derrapou em uma pista, após o nordeste do país ter sido atingido pela primeira tempestade de inverno da temporada.

"As temperaturas mais baixas em quase duas décadas vão se espalhar para o norte e centro dos EUA hoje diante de uma frente fria do Ártico", disse o Serviço Meteorológico Nacional em um comunicado publicado em seu site no domingo. "Combinadas com rajadas de vento, estas temperaturas resultarão em ventos frios com temperaturas de risco de vida tão baixas quanto 60 graus abaixo de zero."

Num tempo com essa temperatura tão fria, o congelamento pode ocorrer na pele descoberta em questão de minutos, especialistas alertaram.

Cerca de metade de todos os voos que chegam e partem do Aeroporto Internacional O'Hare de Chicago tinha sido cancelado no domingo, de acordo com a FlightAware, que acompanha as estatísticas de voo.

Em todo o país, cerca de 2.855 voos estavam atrasados e 2.332 tinham sido cancelados por volta do meio-dia.

(Por Brendan O'Brien)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAFRIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.