Furacão e tempestade tropical se movem em direção ao Havaí

Moradores começaram a estocar suprimentos para sete dias após comunicado de autoridades em Honolulu

MALIA MATTOCH MCMANUS, REUTERS

05 de agosto de 2014 | 16h40

Um furacão e uma tempestade tropical estão seguindo para o oeste do Oceano Pacífico em direção ao Havaí, e o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigal em inglês) informou que partes das ilhas podem precisar entrar em alerta no fim desta terça-feira.

O furacão Iselle está cerca de 1.700 quilômetros a leste-sudeste do Havaí, rumando para o oeste a 15 quilômetros por hora com ventos máximos de 200 quilômetros por hora, declarou o NHC.

“Alertas de vigilância podem ser necessários para partes das ilhas até o fim do dia (terça-feira) ou no começo da quarta-feira”, afirmou o centro, sediado em Miami, em um boletim.

Os moradores estocaram produtos básicos depois que as autoridades em Honolulu alertaram para preparar suprimentos de emergência para sete dias.

“Como o Havaí é um lugar remoto, pode demorar até uma semana para se iniciar uma operação de socorro completa”, afirmou o centro no final de segunda-feira.

O furacão deve se encaminhar para oeste-noroeste na terça-feira e na quarta-feira, disse o NHC, mas está previsto que perca força nas próximas 48 horas.

Mais ao leste do Pacífico, a tempestade tropical Julio está a cerca de 1.845 quilômetros de Baja California, no México, e também deve rumar para oeste-noroeste até quinta-feira, relatou o NHC. O Julio se desloca a 20 quilômetros por hora com ventos máximos de 95 quilômetros por hora.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAFURACAOISELLE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.