Gates permanecerá como secretário de Defesa dos EUA em 2010

O secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, pretende permanecer no cargo pelo menos durante mais um ano, disse um porta-voz na quinta-feira.

REUTERS

08 de janeiro de 2010 | 09h51

Gates, um veterano da administração de George W. Bush, concordou em permanecer no cargo quando o democrata Barack Obama assumiu a Presidência há um ano.

Ao ser confirmado no cargo, não havia prazo para sua permanência.

"O secretário Gates se reuniu com o presidente pouco antes do Natal e lhe deu a garantia de permanecer no cargo por pelo menos mais um ano", disse o porta-voz Geoff Morrell por email.

De acordo com ele, Obama e Gates, de 66 anos, decidiram rever a questão no final deste ano.

"Para todos os efeitos, o acordo original entre eles permanece: (Gates) serve (...) indefinidamente, e ele está honrado por fazê-lo, embora certamente espere um dia se retirar para a casa da sua família no Pacífico Noroeste", disse Morrell.

(Por Phil Stewart)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAGATESCARGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.