Geórgia acusa Rússia de violar espaço aéreo, mas russos negam

O Ministério das RelaçõesExteriores da Geórgia afirmou nesta quarta-feira que um avião ajato vindo da Rússia violou o espaço aéreo do país naterça-feira, pela segunda vez neste mês, ao ingressar cincoquilômetros em território georgiano. Um porta-voz do Ministério de Defesa da Rússia rebateu ainformação de que um avião do país tivesse ingressado no espaçoaéreo da Geórgia na terça-feira. "Um sistema de defesa antiaérea da Geórgia identificou aviolação da fronteira do Estado da Geórgia e a incursão emespaço aérea da Geórgia vinda da Federação Russa", afirmou oMinistério das Relações Exteriores georgiano em um comunicadoredigido em inglês e colocado em seu site. Mas o principal porta-voz do Ministério de Defesa daRússia, Vyachelav Sedov, disse à Reuters: "Na data mencionadapela Geórgia, os aviões da Força Aérea russa não voaram pertoda fronteira georgiana". No começo deste mês, um míssil caiu perto de um vilarejo daGeórgia sem explodir. O governo georgiano acusou a Rússia deinvadir seu espaço aéreo e de jogar o míssil, acusações que osrussos também rechaçaram. As relações entre a Rússia e a Geórgia, uma ex-Repúblicasoviética, enfrentam problemas desde um caso envolvendoespionagem e ocorrido no ano passado. (Por Niko Mchedlishvili)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.