Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Giuliani retorna à campanha eleitoral após deixar hospital

O pré-candidato presidencial optou por se internar no hospital ao sentir uma forte dor de cabeça

EFE

22 de dezembro de 2007 | 23h53

O pré-candidato à presidência dos Estados Unidos do partido republicano, Rudy Giuliani expressou neste sábado satisfação por ter retornado à campanha eleitoral, após passar às últimas quarta e quinta num hospital de St. Louis (EUA), no qual foi internado com sintomas de gripe.   Depois de cancelar vários compromissos de campanha, Giuliani retomou as atividades com um ato eleitoral realizado no estado de New Hampshire e revelou que, por causa dos problemas de câncer que teve no passado, optou por se internar no hospital ao sentir uma forte dor de cabeça.   "Estou em boa forma. Isto deve ter surgido pelo fato de estar cansado e não dormir bem. No entanto, a verdade é que não sei exatamente a razão de ter sentido uma dor intensa de cabeça. Estavam preocupados (as pessoas da equipe) que fosse outra coisa e no hospital descartaram tudo. Foi apenas uma dor de cabeça", declarou Giuliani.   O ex-prefeito de Nova York se sentiu mal na última quarta, após participar de vários atos eleitorais no estado do Missouri e piorou depois que seu avião partiu rumo a Nova York. Giuliani decidiu retornar ao aeroporto e, após consultar com seu médico particular, foi internado no hospital Barnes-Jewish do Missouri. Giuliani teve câncer de próstata em 2000, doença da qual afirma estar totalmente recuperado.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições, Giuliani

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.