Governador cogitou Oprah para a vaga de Obama no Senado

Acusado de tentar leiloar posto do presidente diz que não participará do julgamento do seu impeachment

Reuters,

26 de janeiro de 2009 | 13h00

O governador de Illinois, Rod Blagojevich, acusado de tentar leiloar a vaga do presidente Barack Obama no Senado, afirmou nesta segunda-feira, 26, que cogitou nomear a apresentadora Oprah Winfrey para o cargo. Ele afirmou ainda que não participará do julgamento nesta segunda que decidirá o seu impeachment. Em entrevista ao programa da rede ABC Good Morning America, Blagojevich desse que foi sugestão de um amigo a indicação da estrela, uma das que mostrou forte apoio à candidatura de Obama. "Ela parecia ser alguém que ajudou Barack Obama em um caminho significativo até ele se tornar presidente", afirmou.  Segundo Blagojevich, ele decidiu que a apresentadora, uma das mulheres mais ricas da América, não aceitaria o convite. "Ela provavelmente diria que não aceitaria... E se fosse oferecido, como você faria para que não parecesse para chamar a atenção ou embaraçá-la?

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoIllinoisBarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.