Governador de Illinois é destituído do cargo

Blagojevich foi considerado culpado por maioria absoluta, no primeiro julgamento político da história do estado

Reuters,

29 de janeiro de 2009 | 20h58

Os legisladores estaduais de Illinois condenaram, na quinta-feira, o governador Rod Blagojevich por abuso de poder, removendo-o do cargo em meio a acusações de que ele tentou vender a cadeira no Senado dos EUA que pertencia ao presidente Barack Obama. Além da destituição, a votação dos senadores proíbe Blagojevich de ocupar cargos públicos no futuro em Illinois.   Veja também:  Governador cogitou Oprah para a vaga de Obama no Senado  Governador de Illinois diz que não participará de seu julgamento   Mais de dois terços dos 59 senadores, atuando como o júri do processo de impeachment do democrata, votaram considerando-o culpado, o que na prática significa a sua expulsão do cargo.   A votação, no capitólio do Estado em Springfield, foi mostrada ao vivo pela TV.    Blagojevich, de 52 anos, se tornou, assim, o oitavo governador da história dos EUA a ser submetido a um julgamento político e a ser cassado do cargo através desse processo.Concretamente, ele é o primeiro governador dos EUA em mais de 20 anos a ser expulso do cargo por meio de um julgamento político.O governador de Illinois foi detido em dezembro, depois que promotores federais o acusaram de tentar vender a cadeira de Obama no Senado.Após o voto do Senado de Illinois, Blagojevich foi substituído imediatamente pelo vice, o democrata Patrick Quinn.   (com Dow Jones e Efe)

Tudo o que sabemos sobre:
EUApolíticaRod Blagojevich

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.