AP
AP

Governadora do Alasca Sarah Palin anuncia renúncia ao cargo

Ex-vice-candidata republicana à presidência se afastará no dia 26; especula-se que ela concorrerá à Casa Branca

AP e Reuters,

03 de julho de 2009 | 17h00

A governadora do Alasca Sarah Palin irá renunciar ao cargo no próximo dia 26, informou seu porta-voz nesta sexta-feira, 3, sem revelar os motivos do afastamento. Palin foi candidata à vice-presidente republicana nas eleições de 2008, na chapa do senador John McCain, e empolgou a base conservadora do partido. Especula-se que ela pode tentar ser a candidata da legenda à Casa Branca nas eleições de 2012.

 

Segundo o jornal The New York Times, Palin, de 45 anos, afirmou em sua casa, em Wasilla, que pode trazer "mudanças positivas fora do governo" e disse saber "exatamente quando passar a bola para o time poder vencer". "Estou determinada a tomar o rumo certo para o Alasca", destacou.

 

"Não estamos recuando, estamos avançando em outra direção", continuou a governadora, ressaltando que a decisão foi tomada após "muitas orações e considerações". Ela foi eleita no Alasca em 2006. O vice-governador Sean Parnell assumirá o cargo. "Não buscaremos a reeleição" em 2010, acrescentou Palin, evitando, porém, revelar planos para o futuro.

 

A governadora disse ainda não quer perder tempo com "esportes de sangue políticos" e citou as críticas públicas feitas a suas ações e sua família desde a campanha de 2008. Recentemente, Tim Pawlenty, governador de Minnesota, também considerado um potencial candidato republicano à presidência nas próximas eleições, anunciou que não tentará a reeleição no governo do Estado. 

Tudo o que sabemos sobre:
Sarah PalinEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.