Governo Obama recorre de liminar contra células-tronco

O governo Obama recorreu nesta terça-feira da liminar que proíbe o uso de verbas federais em pesquisas com células-tronco embrionárias humanas, emitida na semana passada.

REUTERS

31 de agosto de 2010 | 17h43

O Departamento de Justiça pediu ao juiz Royce Lamberth que suspenda a liminar até o julgamento do mérito, alegando que "numerosos projetos provavelmente não irão sobreviver mesmo a uma lacuna temporária nas verbas, ameaçando tanto os benefícios potenciais da pesquisa e os centenas de milhões de dólares de fundos do contribuinte já investidos nisso."

Grupos católicos e conservadores se opõem às pesquisas com células-tronco embrionárias, por destruírem embriões humanos. Os cientistas que solicitaram a liminar argumentaram que o financiamento federal à pesquisa com embriões dificulta a obtenção de verbas para outras linhas de pesquisas.

(Por Jeremy Pelofsky)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACELULATRONCOOBAMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.