Havaí suspende alerta de tsunami após terremoto no Canadá

Autoridades do Havaí cancelaram neste domingo um alerta de tsunami emitido em consequência de um forte terremoto na costa do Canadá. Milhares de pessoas foram retiradas de suas residências para buscar abrigo em lugares altos, mas não houve danos.

Reuters

28 de outubro de 2012 | 19h58

O alerta foi cancelado pouco antes das 4h da manhã (12h no horário de Brasília), depois que as ondas esperadas foram bem menores do que o previsto, de acordo com o Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico.

Kevin Richards, gerente de terremotos e tsunamis da Defesa Civil Estadual do Havaí, disse que os fornecimentos de água, gás, e energia não foram danificados pelas ondas menores do que o esperado.

"Tudo está normal", disse Richards. "Estamos bem."

Dezenas de milhares de pessoas deixaram áreas litorâneas baixas na noite de sábado quando sirenes tocaram e um alerta de tsunami foi emitido, informando que ondas de até 1,8 metro poderiam atingir o Havaí.

O prefeito de Honolulu, Peter Carlisle, anunciou que a polícia e as equipes de emergência foram retiradas de zonas sob risco de enchentes, deixando por conta própria quem tivesse desafiado as ordens de retirada. Ele advertiu os motoristas que tinham ficado presos nas estradas congestionadas a abandonarem seus veículos e continuarem a pé.

O governador Neil Abercrombie chegou a divulgar um decreto de emergência para o Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAHAVAITSUNAMISUSPENDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.