Hillary: ameaça do Irã sobre Ormuz é perigosa e provocativa

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, afirmou nesta quarta-feira que as ameaças do Irã de fechar o Estreito de Ormuz são provocativas e perigosas.

REUTERS

11 de janeiro de 2012 | 17h15

"A retórica provocativa do Irã na última semana é bastante preocupante", disse Hillary a jornalistas ao lado do chanceler do Catar.

"Isso fez com que nós e muitos de nossos parceiros da região ao redor do mundo expressassem ao Irã a natureza provocativa e perigosa das ameaças de fechar o Estreito de Ormuz."

Autoridades iranianas ameaçaram recentemente bloquear o Estreito de Ormuz se novas sanções das potências ocidentais prejudicarem as exportações de petróleo de Teerã, e disseram que agiriam se os Estados Unidos enviassem um porta-aviões para a área.

Os EUA, que mantêm na região uma frota naval grande e muito mais poderosa do que as forças marítimas iranianas, dizem que vão garantir que as águas internacionais do estreito permaneçam abertas.

O estreito é uma rota fundamental do comércio mundial de petróleo e o único canal de acesso a oito Estados do Golfo Pérsico aliados dos Estados Unidos.

(Reportagem de Andrew Quinn)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAHILLARYORMUZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.