Hillary diz que segue na corrida mesmo perdendo em New Hampshire

Apesar de ter perdido o status defavorita, a pré-candidata democrata Hillary Clinton disse nasegunda-feira que vai continuar lutando pela vaga no partidopara as eleições presidenciais dos Estados Unidos, mesmo queperca as primárias de New Hampshire, na terça-feira. Uma pesquisa Reuters/C-SPAN/Zogby divulgada nasegunda-feira mostrou que a ex-primeira-dama está 10 pontospercentuais atrás de Barack Obama em New Hampshire. Obama, senador por Illinois que quer se tornar o primeiropresidente negro dos EUA, está capitalizando votos em cima dasurpreendente vitória em Iowa, na semana passada. Hillary, quedurante meses liderou as pesquisas entre os candidatosdemocratas, ficou em terceiro no chamado caucus de Iowa, atrástambém do senador John Edwards. "Independentemente do que acontecer amanhã, vamos emfrente", disse ela ao programa "Early Show" da CBS. "E vamos continuar indo em frente até o fim do processo, nodia 5 de fevereiro. Mas sempre achei que esta ia ser umaeleição muito difícil e disputada, e estou preparada paraisso." Cerca de 22 Estados realizam primárias no dia 5 defevereiro, a chamada "superterça", e tanto democratas quantorepublicanos podem decidir sua chapa até essa data.Hillary, mulher do ex-presidente Bill Clinton, também querentrar para a história, como a primeira mulher a presidir osEstados Unidos. (Reportagem de Donna Smith)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.