Hillary inicia viagem ao Japão com visita a templo xintoísta

É a primeira visita oficial que a secretária de Estado americano faz desde que tomou posse do cargo

Efe,

17 de fevereiro de 2009 | 03h42

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, iniciou nesta terça-feira, 17, suas atividades oficiais no Japão, a primeira viagem desde que tomou posse de seu cargo, em janeiro, com uma visita ao templo xintoísta Meiji Jingu, em Tóquio. Veja tambémTaro Aso será o 1º líder que Obama receberá na Casa Branca Crianças entregam a Obama sugestões para melhorar os EUA  A ex-primeira-dama, que chegou na segunda-feira ao Japão, está na Ásia para realizar uma viagem que a levará também a Indonésia, Coreia do Sul e China, segundo a agência local de notícias Kyodo. Hillary começou nesta terça suas atividades oficiais por volta de 8h30 (20h30 desta segunda em Brasília) com uma visita a um dos templos mais emblemáticos da capital japonesa, situado no interior do parque Yoyogi. O local, construído em homenagem ao imperador Meiji e à imperatriz Shoken, foi visitado em 2002 pelo ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush. Durante sua visita ao Japão, que termina na quarta-feira, Hillary se reunirá com o ministro de Relações Exteriores japonês, Hirofumi Nakasone, após o que oferecerá uma entrevista coletiva. A secretária de Estado também se encontrará com o primeiro-ministro japonês, Taro Aso, e com a imperatriz Michiko, que receberá a chefe da diplomacia americana no Palácio Imperial para tomar chá. Hillary deve ainda se reunir com parentes de sequestrados japoneses nas décadas de 1970 e 1980 pelos serviços de espionagem da Coreia do Norte e com o líder da oposição japonesa, Ichiro Ozawa.

Tudo o que sabemos sobre:
Hillary ClintonEUAJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.