Hillary mantém liderança entre democratas e Giuliani sobe

Vantagem da senadora para o ex-prefeito de Nova York é de apenas um ponto porcentual

Efe,

08 de novembro de 2007 | 04h53

A pré-candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, mantém uma vantagem de 20 pontos sobre seus adversários no partido. Mas tem apenas um ponto porcentual a mais que o principal aspirante republicano à sucessão, Rudy Giuliani. Segundo uma enquete publicada pela rede de televisão NBC e pelo jornal econômico The Wall Street Journal, a liderança da senadora por Nova York entre os democratas é indiscutível. Ela conta com 47% da preferência dos eleitores, praticamente o dobro dos 25% de Barack Obama, o segundo colocado. De acordo com as estatísticas, a vantagem de Hillary sobre o senador de Illinois se mantém em torno de 22 pontos percentuais desde meados do ano. Na enquete de setembro ela vencia por 44% a 23%, e em julho, por 43% a 22%. John Edwards, com 11%, é o terceiro colocado entre os aspirantes democratas. Os outros pré-candidatos do partido não passam de 4%. Uma das razões pelas quais a senadora de Nova York supera tão claramente Obama é, segundo os analistas da enquete, a boa percepção entre os americanos da sua experiência no terreno político. Assim, 76% dos democratas deram a Hillary uma alta pontuação nos critérios de capacidade e experiência para ocupar a Presidência dos Estados Unidos. Obama ficou em 41%. A vantagem diminui quando entra em disputa o ex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani, que lidera as enquetes entre os republicanos. Em setembro, Hillary ainda tinha sete pontos de vantagem (49% a 42%). Desta vez, o pré-candidato republicano conseguiu baixar a desvantagem para um ponto (46% a 45%). No entanto, 50% dos americanos indagados garantem que votarão no candidato democrata, contra 35% que se inclinam pelo republicano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.