Hillary recebe primeiro apoio sindical para eleições de 2008

A pré-candidata democrata à CasaBranca Hillary Clinton recebeu na terça-feira o primeiro apoiosindical nacional para a eleição de 2008 nos EUA: o dos 125 milfiliados do Sindicato Unido dos Transportes (UTU, na sigla eminglês). A agremiação representa trabalhadores ativos e aposentadosde ferrovias, empresas de ônibus e transportes urbanos. Osindicato prometeu dedicar "recursos consideráveis" à campanhada senadora em 2008. "O UTU tem um longo histórico de escolher vencedoresantecipadamente. Hillary será uma presidente com a qual asfamílias trabalhadoras da América podem contar", disse opresidente do sindicato, Paul Thompson. Muitos sindicatos devem colocar sua organização de base esuas finanças a serviço de algum candidato nos próximos meses.Uma exceção importante será a central AFL-CIO, que reúne 55sindicatos e neste mês liberou seus membros para apoiarem quemquiserem, já que seu conselho executivo não atingiu o consensomínimo necessário para formalizar um apoio da entidade. Outro pré-candidato democrata, o senador por ConnecticcutChris Dodd, deve obter na quarta-feira o apoio do sindicato dosbombeiros, que desempenhou papel importante na campanha docandidato democrata derrotado em 2004, John Kerry. A cinco meses do início do processo de escolha interna dosdemocratas, Hillary tem enorme vantagem nas pesquisas. Mas seusdois principais adversários, Barack Obama e John Edwards,também buscam uma maior penetração no meio sindical. Fontes disseram que o UTU se inclinou por Hillary devido aoapoio dela a causas trabalhistas e sindicalistas e ao seudesempenho em um debate promovido neste mês pela AFL-CIO. Hillary se disse honrada com esse apoio. "Os trabalhadoresda América têm sido invisíveis para este governo, e é hora deeles terem uma defensora na Casa Branca", afirmou ela em nota. (Por John Whitesides)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.