Hillary se irrita ao ser questionada sobre opinião do marido

"Meu marido não é secretário de Estado, eu sou", responde a ex-primeira-dama para estudante no Congo

BBC Brasil, BBC

11 de agosto de 2009 | 21h24

 A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, ficou irritada nesta segunda-feira, 10, durante uma entrevista com estudantes na República Democrática do Congo ao ser questionada sobre a opinião do marido, Bill Clinton, em assuntos de política externa.

 

Hillary participava de um encontro com estudantes na capital, Kinhasa, quando um dos alunos perguntou o que Bill Clinton achava de um acordo entre o governo congolês e a China. "Meu marido não é secretário de Estado, eu sou", disse Hillary, aparentemente irritada com a pergunta. "Se você quer saber a minha opinião, te responderei minha opinião, mas eu não serei um canal para o meu marido", disse.

A visita da secretária de Estado ao país faz parte da última etapa de sua viagem por sete países africanos. Na terça-feira, Hillary parte para Goma, onde tem uma reunião com o presidente, Joseph Kabila, e participará ainda de uma mesa redonda sobre a questão da violência sexual. Na última semana, durante uma visita ao Quênia, Hillary recebeu uma oferta de vacas e cabras de um vereador queniano pela mão de sua filha , Chelsea Clinton.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
CongoEUAHillary Clinton

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.