Homem armado faz refém nos EUA e posta situação no Facebook

Um homem armado alegando ter uma bomba mantinha um refém dentro de um prédio em Pittsburgh nesta sexta-feira, disseram autoridades, e parecia estar postando mensagens sobre sua situação no Facebook.

DREW SINGER, Reuters

21 de setembro de 2012 | 14h39

A polícia estava negociando com o homem que disse que tinha uma arma e uma bomba no prédio de escritórios de 16 andares em Pittsburgh, informou o chefe de polícia, Nate Harper, em um briefing à imprensa na televisão local.

"Ele não está dizendo aos negociadores por que ele está fazendo isso", disse Harper. Não houve feridos e acredita-se que o refém seja o alvo pretendido do homem, acrescentou o policial.

A polícia identificou o homem como Klein Michael Thaxton e informou que estava falando com ele por telefone e monitorando sua página do Facebook.

No Facebook, um homem que parecia ser Thaxton estava postando mensagens desde o meio da manhã. Ele também publicou o que dizia ser o seu número de telefone.

"Como isso vai terminar depende de vocês", disse uma das mensagens. "Eu não aguento mais."

"Essa vida que estou vivendo agora eu não quero mais, eu perdi tudo e não vou conseguir tudo de volta", afirmou outra mensagem.

Várias pessoas responderam no Facebook com mensagens de que estavam rezando por ele e o encorajando a cooperar com a polícia.

Segundo os policiais, Thaxton entrou no escritório pouco depois das 8h (horário local) e fez um homem refém, mas até o momento não tinha feito nenhuma exigência. "Ele tem cooperado bastante neste momento... está negociando com nossos negociadores".

A mãe do homem foi levada para dentro do prédio para conversar com o filho e a polícia bloqueou as ruas ao redor do local.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAARMADOFACEBOOK*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.