Homem é acusado de fornecer dados do trânsito de NY à Al Qaeda

Um norte-americano foi acusado de fornecer à Al Qaeda detalhes sobre o sistema de trânsito de Nova York e da ferrovia de Long Island, assim como atirar foguetes em tropas norte-americanas no Afeganistão, revelaram documentos do tribunal nesta quarta-feira.

REUTERS

22 de julho de 2009 | 16h38

Bryant Neal Vinas, de 26 anos, também é acusado de receber treinamento militar, entre março e agosto do ano passado, do grupo extremista islâmico comandado por Osama bin Laden.

Vinas forneceu à Al Qaeda "conselho e assistência técnica, incluindo assitência derivada de conhecimento especializado do sistema de trânsito de Nova York e da ferrovia de Long Island, equipamento de comunicação e pessoal, incluindo ele mesmo", disseram os documentos, revelados na corte federal de Nova York.

Vinas foi detido pelo FBI, disseram autoridades, sem revelar seu paradeiro.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Tudo o que sabemos sobre:
EUATERRORACUSADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.