Homem mata 4 parentes e se suicida no Alabama

É o quarto incidente do tipo nos Estados Unidos em menos de uma semana

Efe,

08 de abril de 2009 | 01h00

Um homem matou nesta terça-feira, 7, no estado do Alabama a esposa, de quem estava se divorciando, a filha, a irmã e o sobrinho para depois se suicidar. É o quarto incidente do tipo nos Estados Unidos em menos de uma semana.

 

O crime ocorre três dias depois que, no estado de Washington, um homem também se matou após assassinar seus cinco filhos.

 

As autoridades do Alabama informaram que o corpo do suposto assassino, Kevin Garner, foi encontrado em uma área florestal próxima à casa de sua esposa, que tinha iniciado processo de divórcio há um ano.

 

Garner, de 45 anos, matou a ex-mulher, Tammy Garner, sua filha Chelsie, sua irmã e seu sobrinho pouco após a meia-noite, como conta uma fonte policial do condado de Morgan, citada pelo jornal local Times Daily.

 

O informante, que não explicou como as vítimas morreram, apesar de algumas versões apontarem para o uso de arma de fogo, acrescentou que Tammy e Kevin Garner deveriam comparecer nesta quarta perante um tribunal do condado em uma audiência sobre o divórcio.

 

No domingo passado, no estado de Washington, um homem matou a tiros seus cinco filhos, de entre sete e 16 anos de idade, e depois se suicidou.

 

Cerca de 24 horas antes, outro homem matou três policiais que atenderam uma chamada por uma disputa doméstica em Pittsburgh, Pensilvânia.

 

Na quinta-feira passada, Jiverly Wong, um imigrante de origem vietnamita, irrompeu em um centro de atendimento a estrangeiros em Binghamton, Nova York, matou 13 pessoas e feriu outras 12 antes de se suicidar.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAlabamaatiradorsuicida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.