Homem mata a família e suicida-se em Los Angeles

Deprimido com trabalho, americano assassinou esposa e cinco filhos; ele teria avisado sobre crime por e-mail

Agência Estado e Associated Press,

27 de janeiro de 2009 | 18h15

A polícia de Los Angeles informou nesta terça-feira, 27, que um homem matou a esposa, os cinco filhos do casal e suicidou-se na casa da família. Segundo a polícia, o homem estava descontente com sua situação no trabalho e enviou um e-mail à emissora local de televisão KABC, dizendo que mataria a família.   A emissora repassou a mensagem à polícia, que encontrou os corpos de um homem, sua esposa, uma menina de 8 anos, duas meninas gêmeas de 5 anos e dois gêmeos de 2 anos, na casa da família no subúrbio de Wilmington, 30 quilômetros ao sul do centro de Los Angeles.   O homem, cuja identidade não foi revelada, estava deprimido com sua situação trabalhista, que ainda não foi esclarecida, disse o suboficial da polícia de Los Angeles, Kenneth Garner. "Na mensagem, ele disse claramente que mataria a esposa, os filhos e a si próprio", disse o suboficial.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAsuicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.