Homem passa mal após ser achada ricina em hotel nos EUA

Um homem está em condição gravedepois que ricina, um veneno mortal, foi encontrado no quartode um hotel em Las Vegas, disseram nesta sexta-feiraautoridades da polícia e do FBI. O caso não teria relação com terrorismo, segundo o FBI. Uma porta-voz da polícia de Las Vegas afirmou que asautoridades foram chamadas ao Extended Stay America Hotel, naquinta-feira, após uma substância suspeita ser encontrada em umquarto. O homem doente estava no hotel desde o início do mês e foilevado ao hospital em 14 de fevereiro, quando reclamou dedificuldades respiratórias. "Ele está em estado grave e não consegue falar conosco nomomento", disse a chefe-adjunta da polícia, Kathy Suey, ementrevista coletiva. "Não temos indicação da razão de a ricinaestar no quarto." Testes indicaram que a substância é ricina, que pode sermortal mesmo em pequenas quantidades, afirmou Suey. O Departamento de Segurança Interna e o FBI estãoinvestigando o caso com a polícia de Las Vegas. "Esseacontecimento não parece estar relacionado a terrorismo",afirmou o porta-voz do FBI Richard Kolko em nota. Seis outras pessoas, incluindo funcionários do hotel epoliciais, foram levadas ao hospital para testes, mas ninguémmais apresenta sintomas. Em 2003 um envelope contendo ricina foi enviado à CasaBranca, mas foi interceptado pelo Serviço Secreto. A substânciafoi encontrada também em um envelope parecido no correio daCarolina do Sul. A ricina também foi encontrada em uma sala de correio doSenado em 2004. (Reportagem de Ian Mylchreest)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.