Hospital Bellevue, em NY, transfere 500 pacientes por falta de energia

O Centro Hospitalar Bellevue, em Nova York, que operava com geradores desde que a tempestade Sandy causou um apagão em parte da cidade, está sendo desocupado, disse o prefeito Michael Bloomberg na quarta-feira.

Reuters

31 de outubro de 2012 | 19h09

Cerca de 500 pacientes serão transferidos do hospital, que fica perto do rio East, numa parte de Manhattan que não esteve entre as mais afetadas pelas inundações.

Em entrevista coletiva, Bloomberg que os danos ao hospital foram inicialmente subestimados, e que novos leitos para os pacientes serão encontrados. Vários hospitais da região estão coordenando esforços para receber os pacientes desalojados, incluindo os hospitais Mount Sinai e St. Luke's Roosevelt.

Jarron Franklyn, de 28 anos, funcionário do departamento de reabilitação do Bellevue, disse que "a energia caiu e temos uma inundação no porão". Ele disse que um gerador de emergência continua funcionando.

(Reportagem de Paul Thomasch, Bill Berkrot e Anna Sussman)

Tudo o que sabemos sobre:
EUASANDYBELLEVUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.