Illinois define candidatos à vaga que era de Obama no Senado

Primárias apontam republicano Marl Kirk e Democrata Alexi Giannoulias como postulantes a cadeira do Estado

AE, Agencia Estado

03 de fevereiro de 2010 | 13h27

Após disputas apertadas em eleições primárias, foram apontados hoje os dois candidatos que disputarão a vaga que pertencia ao presidente Barack Obama no Senado dos Estados Unidos. A eleição para a vaga no Legislativo representando Illinois será disputada entre um moderado deputado de um subúrbio rico e um secretário do Tesouro que costumava jogar basquete com o presidente.

O deputado republicano Marl Kirk venceu a primária de seu partido com quase 40% dos votos, segundo a agência de notícias Associated Press. Já no Partido Democrata, Alexi Giannoulias venceu o ex-inspetor-geral de Chicago David Hoffman, que era pouco conhecido, por 5 pontos porcentuais.

Menos de um mês atrás, o republicano Scott Brown aproveitou-se da insatisfação com o governo federal por parte da população e conseguiu chegar ao Senado ao vencer a eleição para a vaga de Massachusetts do falecido senador democrata Ted Kennedy. "Nesta noite nós começamos uma jornada para corrigir nosso rumo do Estado", afirmou Kirk, de 50 anos, em seu discurso após a vitória. "Nós acreditamos que um partido político não pode ter todas as respostas e que um partido político não deve controlar todo o poder."

Em um ano normal de eleições, os republicanos teriam poucas chances em um Estado onde os democratas geralmente vencem. Obama, por exemplo, liderou a disputa com o republicano John McCain pela presidência, em 2008, com 62% dos votos. No entanto, as eleições legislativas de novembro podem ser influenciadas pelos problemas na economia, pelo sentimento contrário da população ao atual governo e pelas dúvidas sobre Obama por parte dos eleitores independentes.

Os republicanos também esperam ganhar força com o descontentamento após vários escândalos envolvendo importantes líderes democratas do Estado. O caso mais famoso é o do ex-governador Rod Blagojevich, acusado de tentar "leiloar" a vaga que era de Obama no Senado. O julgamento dele deve começar em junho, o que pode melhorar o quadro para a oposição.

Governador

Foram realizadas também primárias para as eleições para o governo de Illinois, marcadas também para este ano. Na democrata, com 98% dos votos apurados, o governador Pat Quinn liderava com menos de 1 ponto porcentual na disputa com o controlador (espécie de auditor) estadual Dan Hynes, segundo a Associated Press.

Quinn assumiu como governador há um ano, depois de Blagojevich ser retirado do cargo após uma série de acusações de corrupção. O novo governador se mostrou hesitante em vários temas, mas há um mês parecia destinado a uma vitória tranquila nas primárias. Porém, na reta final, perdeu espaço. Entre os republicanos, a apuração estava acirrada entre os senadores Bill Brady e Kirk Dillard. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.