Incêndio arrasa 1.500 hectares na Califórnia

O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, declarou estado de emergência em San Bernardino

Efe,

05 de outubro de 2009 | 04h18

Os bombeiros lutam nesta segunda-feira, 5, contra um novo foco de incêndio no estado da Califórnia que deixou 1.500 hectares destruídos nas montanhas de San Bernardino, perto de uma zona turística, e deixou milhares de pessoas desalojadas. As chamas se estenderam por toda a montanha e os bombeiros começaram a percorrer porta por porta todas as casas próximas para cumprir com o mandato de evacuação obrigatória.

 

O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, declarou estado de emergência no condado de San Bernardino, onde foram retirados, pro prevenção, entre 4.000 e 6.000 moradores.

 

O fogo começou no sábado perto de Lytle Creek, uma comunidade pequena rodeada pelo Bosque Nacional de San Bernardino por causas ainda desconhecidas que estão sendo investigadas.

 

Os bombeiros tinham o fogo sob controle, no entanto, segundo disse à imprensa um porta-voz do Bosque National de San Bernardino, Robin Prince, rajadas de vento variáveis, que alcançaram até 64 km/h, reavivaram o fogo.

 

Os fortes ventos dificultaram os trabalhos de combate ao fogo, uma vez que impediram os aviões-tanque de decolar. Mais de mil bombeiros das localidades próximas se deslocaram para lá a fim de auxiliar nos trabalhos de combate às chamas.

Tudo o que sabemos sobre:
CalifórniafogoSchwarzenegger

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.