AP
AP

Incêndio destrói 75 casas e obriga retirada de 30 mil nos EUA

Chamas ganham força e ameaçam área densamente povoada na Califórnia; 10% do fogo já foi controlado

Agências internacionais,

08 de maio de 2009 | 11h23

Bombeiros continuaram nesta sexta-feira, 8, os esforços para conter as chamas que avançam perigosamente das áreas densamente povoadas da cidade de Santa Barbara, na Califórnia, e que já forçaram a retirada de cerca de 30 mil moradores. O fogo já destruiu 75 casas.

 

A vizinhança multimilionária de mansões se parece com uma cidade fantasma. A porta-voz da cidade Jodi Dyck disse que o incêndio cresceu durante a noite. Aproximadamente 12 mil pessoas já deixaram suas casas, e autoridades pediram para que mais 18 mil moradores de Santa Bárbara saiam das áreas de risco. Onze bombeiros ficaram feridos enquanto trabalhavam no combate ao incêndio, três dos quais permanecem hospitalizados.

 

Fortes ventos e elevadas temperaturas aumentaram as chamas, detectadas na segunda-feira e que se propagaram rapidamente, queimando até agora mais de 600 hectares de vegetação. Cerca de 10% do fogo foi controlado na quinta-feira, segundo os bombeiros.

 

 

Na quarta, o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, declarou estado de emergência para a zona afetada pelo fogo, uma área de montanha baixa e vegetação. Cerca de 2.300 bombeiros trabalham no combate às chamas, apoiados por unidades aéreas.

Tudo o que sabemos sobre:
EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.