Incêndio incontrolável ameaça 10 mil casas em Los Angeles

As autoridades preveem que as chamas, de até 25 metros, continuem de madrugada seu avanço pelas colinas

EFE,

30 de agosto de 2009 | 05h49

O incêndio incontrolável do parque natural Angeles National Forest, norte do condado de Los

Angeles, ameaça 10 mil casas após triplicar suas dimensões, o que obrigou a evacuar pelo menos mil casas, informa hoje em sua edição digital o jornal "Los Angeles Times".

 

As colunas de fumaça assomam à bacia de Los Angeles enquanto o fogo, instigado pelas altas temperaturas, consome a espessa massa florestal que não foi queimada em 60 anos, indica o rotativo, que destaca as dificuldades de combater o fogo com meios aéreos por causa da visibilidade limitada.

 

As autoridades preveem que as chamas, de até 25 metros, continuem de madrugada seu avanço pelas colinas em volta da floresta, o que obrigou o Serviço Florestal americano a recolocar centenas de bombeiros na região de Acton.

 

Pelo menos três pessoas feridas foram retiradas de helicóptero e três casas foram destruídas pelo fogo, embora os bombeiros prevejam uma iminente destruição das casas mais próximas ao parque natural.

 

O incêndio queimou mais de 85 quilômetros quadrados de superfície, atiçado por temperaturas superiores a 37 graus, pouca umidade e uma complicada orografia que dificulta ainda mais os trabalhos de extinção das chamas, explicaram os bombeiros.

 

Dez helicópteros, oito aviões-tanque e mais de 1.800 bombeiros trabalham na extinção do fogo, que na sexta-feira passada obrigou o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, a declarar estado de emergência no condado de Los Angeles.

Tudo o que sabemos sobre:
INCÊNDIOLOS ANGELES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.