Incêndios deixam mais de mil desabrigados na Califórnia

Moradores abandonam pelo menos 550 casas após fogo em florestas na região de Los Angeles

Agência Estado e Associated Press,

28 de abril de 2008 | 09h01

Bombeiros californianos combatiam nesta segunda-feira, 28, um incêndio florestal que obrigou centenas de pessoas a abandonarem suas casas nas colinas de uma cidade próxima de Los Angeles. Não há informações sobre vítimas. Desde a noite de sábado, mais de mil pessoas que habitavam 550 casas na região foram obrigadas a abandonar suas residências, informou Elisa Weaver, uma porta-voz da prefeitura de Sierra Madre.   Mais de 400 bombeiros fazem parte da equipe de combate às chamas em uma área de 162 hectares. Eles contam com a ajuda de dois helicópteros e de aviões carregados de água. "Isso é bastante grave", disse Weaver. "Não havia registro de incêndios em partes dessa região havia mais de 40 anos", prosseguiu.   Na noite de domingo, os bombeiros diziam ter apagado cerca de 30% do fogo, disse James Carlson, outro porta-voz da prefeitura. Ventos rápidos e o aumento da umidade relativa do ar estavam ajudando os bombeiros, prosseguiu ele. A expectativa diante de tal quadro é que o incêndio seja totalmente apagado dentro de quatro a sete dias, concluiu Carlson.   Sierra Madre situa-se apenas 24 quilômetros a nordeste de Los Angeles, logo ao leste de Pasadena. Esse é o primeiro grande incêndio que afetou este ano a Califórnia onde se registraram temperaturas recorde para esta estação superando os 30 graus. No entanto, apareceram outros focos de incêndio de menor intensidade nos últimos dias na região.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndioEUACalifórnia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.