Incêndios já destruíram mais de 700 casas na Califórnia

Mais de 50 mil ordens de evacuação foram dadas; chamas atingem regiões nobres de Los Angeles

Efe,

16 de novembro de 2008 | 18h37

As equipes de bombeiros continuam neste domingo, 16, os trabalhos de combate às chamas que atingem a Califórnia e que já destruíram cerca de 700 casas, arrasando mais de 7.000 hectares e causando 50.000 ordens de evacuação, informam as autoridades. O fogo atinge uma área que fica entre a localidade de Santa Bárbara e o sudeste de Los Angeles. Fotos: Reuters O incêndio, que começou no final da última sexta em Los Angeles, foi descrito como um dos piores na cidade no último meio século, embora, por enquanto, tenham sido encontrados apenas 11 feridos em toda a região. As equipes de bombeiros estiveram neste domingo na região de Los Angeles mais castigada pelo fogo, no norte da cidade, em uma área conhecida como Sylmar, onde mais de 500 casas ficaram queimadas.  William Bratton, chefe do Departamento de Polícia de Los Angeles, explicou à imprensa local que existe a preocupação de que alguns dos moradores de maior idade não fossem capazes de escapar do fogo, que começou na última sexta de forma repentina. Os bombeiros que trabalham no combate ao incêndio conseguiram conter cerca de 30% do fogo, que atinge uma área de cerca de 3.900 hectares.  Outros grupos trabalham no Condado de Orange, ao sul de Los Angeles, onde vários focos atingiam no sábado uma área de cerca de 3.000 hectares nas proximidades das cidades de Yorba Linda e Corona. Centenas de bombeiros trabalham também na contenção de um incêndio na nobre região de Montecito, onde as chamas destruíram cerca de 111 casas.

Tudo o que sabemos sobre:
CalifórniaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.