Incêndios matam 2 e Califórnia declara estado emergência

Declaração é válida nos condados de Los Angeles e Ventura; fortes ventos dificultam combate ao fogo

Efe,

14 de outubro de 2008 | 05h45

O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, declarou o estado de emergência nos condados de Los Angeles e Ventura devido a dois incêndios que já deixaram dois mortos e arrasaram quase quatro mil hectares no Vale de San Fernando nas últimas horas. Incêndios forçam a retirada de 1.200 pessoas na Califórnia A decisão de Schwarzenegger responde às condições de "extremo risco para a segurança das pessoas e das propriedades" nos dois condados. Os fortes ventos que atingem a região aumentam a dificuldade para combater o fogo. Segundo um comunicado emitido pelo Escritório do governador, "milhares de residentes foram evacuados e buscam refúgio", enquanto "várias estradas foram fechadas", assim como algumas escolas. A estrada 118 foi fechada à altura de Chatsworth, onde a fumaça poderia ter influído em um acidente que envolveu quatro veículos e que matou um motorista, segundo as autoridades locais. A outra vítima se encontrava na área de Lake View Terrace, onde 1.200 pessoas foram evacuadas. Cerca de 800 bombeiros trabalham intensamente para apagar os dois incêndios, uma tarefa muito complicada devido aos fortes ventos, próximos aos 100 km/h. Os incêndios começaram no domingo nas cercanias de Los Angeles, e destruíram 37 casas devido à força dos ventos. Ainda não se sabe o que originou os incêndios, e as autoridades locais abriram uma investigação.

Tudo o que sabemos sobre:
CalifórniaincêndioLos Angeles

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.