Incêndios matam 2 e destroem casas no Texas

Mais de 60 incêndios florestais, alimentados por ventos fortes, já destruíram centenas de casas e mataram pelo menos duas pessoas no Texas, disseram autoridades nesta segunda-feira.

JIM FORSYTH, REUTERS

05 Setembro 2011 | 16h39

Funcionários do Condado de Gregg, no nordeste texano, disseram que uma mulher de 20 anos e sua filha de 18 meses morreram no domingo ao ficarem presas pelas chamas no trailer onde viviam.

O Serviço Florestal do Texas estima que 424 casas tenham sido destruídas até agora, incluindo 300 no incêndio do chamado Complexo do Condado de Bastrop, a leste de Austin, onde as chamas se estendem por 26 quilômetros.

O governador Rick Perry, pré-candidato republicano à Presidência, decidiu interromper sua campanha eleitoral e voltar da Carolina do Sul para o Texas nesta segunda de manhã. À noite, ele deveria participar de um debate pela TV com outros pré-candidatos republicanos.

"Peço aos texanos que tomem um cuidado extremo enquanto continuamos vendo os efeitos devastadores dos incêndios que afetam tanto as áreas rurais quanto as urbanas do Estado", disse Perry em comunicado.

Mais de 1,5 milhão de hectares já foram consumidos por incêndios no Texas desde novembro. O Estado vem sendo assolado por uma seca que já causou prejuízos superiores a 5 bilhões de dólares para o setor agrícola, e que não dá sinais de que irá acabar tão cedo.

No domingo, o Serviço Florestal do Texas atendeu a 63 chamados relacionados a novos incêndios numa área total de mais de 13 mil hectares. Dezenas de aviões estão mobilizados para essas tarefas, incluindo quatro aviões-tanque de grande porte, 15 monomotores e 13 aeronaves de supervisão.

O pior foco de incêndio, no Complexo do Condado de Bastrop, atinge uma área de 10 mil hectares, depois de atravessar uma estrada que as autoridades esperavam que servisse como barreira.

Moradores disseram que o incêndio se espalhou muito rapidamente por causa das fortes rajadas de vento.

Na região conhecida como Steiner Ranch, em Austin, outro incêndio levou à desocupação de cerca de mil casas.

No subúrbio de Pflugerville, também em Austin, cerca de 200 casas foram desocupadas. Em Longview, no leste do Estado, outras 150 residências precisaram ser abandonadas.

Mais conteúdo sobre:
EUA TEXAS INCENDIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.