Incêndios na Califórnia forçam 125.000 pessoas a deixar suas casas

Os bombeiros do Estado norte-americano da Califórnia combatem uma série de incêndios florestais que forçaram 125.000 pessoas a deixar suas casas na área da cidade de San Diego e podem ter matado pelo menos uma pessoa.

MARTY GRAHAN, Reuters

16 Maio 2014 | 07h12

De nove grandes incêndios na região sul da Califórnia, o que representa perigo mais imediato, o chamado incêndio de Cocos, está avançando em direção das comunidades de San Marcos e Escondido, no norte do Condado de San Diego.

Pelo menos uma grande residência pegou fogo na área periférica de San Marcos. O câmpus de San Marcos, da Universidade Estadual da Califórnia, foi esvaziado.

As autoridades disseram estar investigando por que tantos focos tiveram início ao mesmo tempo e se foram provocados.

Mais conteúdo sobre:
EUA CALIFORNIA INCENDIOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.