Indicado de Obama buscará cumprimento de regras comerciais

A política comercial da administração Barack Obama será concentrada em garantir que os países procedam de acordo com as regras e somente em segundo plano negociar novos acordos comerciais, disse nesta segunda-feira o indicado a representante comercial dos Estados Unidos, Ron Kirk, em discurso preparado para sua audiência de confirmação. "A economia mundial está em um estado frágil. E o presidente e eu acreditamos que a liderança dos Estados Unidos será vital para restaurar a confiança e a certeza no sistema financeiro mundial", afirmou Kirk em seu discurso obtido pela Reuters. "Mas eu não assumo este cargo com o que eu tenho chamado em alguns de nossos encontros de 'febre de acordos'", disse o ex-prefeito de Dallas. "A primeira ordem de negócios para a administração dos mercados é garantir as regras sejam cimpridas." O Comitê de Finanças do Senado está realizando uma audiência de nomeação no final da tarde desta segunda-feira. Espera-se que ele ganhe a confirmação do Senado, embora o tenha sido revelado um número de erros em sua restituição de impostos, que o obrigará a pagar cerca de cumpridas." Kirk, que foi o primeiro prefeito negro de Dallas de 1995 a 2001, descreveu a si mesmo no discurso como "um intenso pragmático", que tentou se aproximar das pessoas e de seus problemas com uma perspectiva não-partidária. Ele deve assumir o cargo de representante comercial dos Estados Unidos numa época em que muitos membros do Partido Democrata do presidente Barack Obama têm suspeitas em relação a acordos de comércio que o ex-presidente George W. Bush estimulou durante os últimos oito anos, incluindo três pactos pendentes com Colômbia, Panamá e Coreia do Sul. (Reportagem de Doug Palmer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.