Irã é a maior ameaça aos EUA, diz autoridade militar

O Irã é a principal ameaça para os Estados Unidos e seus aliados no Oriente Médio, superando a Al Qaeda, cuja ameaça foi reduzida, mas não descartada, afirmou uma autoridade militar sênior dos EUA nesta sexta-feira.

REUTERS

04 de novembro de 2011 | 17h23

"A maior ameaça aos Estados Unidos e aos nossos interesses e amigos...é o Irã", disse o oficial a um fórum em Washington. Jornalistas foram autorizados a cobrir o evento sob a condição de que o militar não fosse identificado.

Na próxima semana, a Agência Internacional de Energia Atômica (um agência da Organização das Nações Unidas), deve divulgar um relatório que inclui prova da pesquisa nuclear iraniana, que faz pouco sentido se não estiver relacionada a armas, disseram diplomatas ocidentais.

A autoridade disse não acreditar que o Irã queira provocar um conflito e que não sabe se o Estado Islâmico decidiu construir uma arma nuclear.

O Irã afirma que seu programa nuclear é pacífico e que está enriquecendo urânio para geração de eletricidade.

"Eu não sei se os iranianos tomaram a decisão de fazer uma arma nuclear", disse o oficial militar.

Ele acrescentou, no entanto, que a comunidade internacional se uniu contra as ambições nucleares de Teerã por causa da incerteza sobre a ação futura do Irã.

(Reportagem de Phil Stewart em Washington; com reportagem adicional de Fredrik Dahl em Viena)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIRAAMEACA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.