Jatos dos EUA interceptam avião em espaço aéreo restringido

Jatos de combate F-16 norte-americanos interceptaram um avião de pequeno porte que se perdeu e entrou no espaço aéreo restringido no momento em que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se preparava para partir de Los Angeles nesta sexta-feira, depois de um evento de arrecadação de fundos na casa do ator George Clooney, disseram autoridades.

REUTERS

11 Maio 2012 | 21h55

"Os caças responderam a uma violação temporária de restrição de voo por parte de uma aeronave Piper 28. Depois de interceptar o avião, os F-16 seguiram o avião até que pousou sem incidentes", disse o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte em comunicado.

Segundo o comunicado, o avião foi recebido pela polícia local depois de pousar por volta de 13h50 (horário de Brasília). A programação de Obama publicada no site da Casa Branca previa um voo de Los Angeles para Nevada às 14h15.

O tenente Dan Burlingham, da polícia de El Monte, disse que os agentes do Serviço Secreto interrogaram o piloto após a aterrissagem no aeroporto desta cidade e determinaram que não havia nenhuma ameaça ao presidente.

(Reportagem de Cynthia Johnston)

Mais conteúdo sobre:
EUAJATOINTERCEPTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.