Jeb Bush descarta ideia de ser vice na chapa republicana

O ex-governador da Flórida Jeb Bush descartou nesta quinta-feira qualquer possibilidade de se tornar vice na chapa presidencial do Partido Republicano para a eleição deste ano e deu a entender que pode ter perdido sua melhor chance de concorrer a presidência.

REUTERS

07 de junho de 2012 | 12h52

Em entrevista ao programa "This Morning", da CBS, Jeb Bush disse que pretende apoiar Mitt Romney, o potencial candidato republicano, e afastou qualquer possibilidade de ser seu vice.

"Não farei isso, não serei convidado e não vai acontecer", declarou Bush.

Figura influente no Partido Republicano, Jeb Bush rejeitou pedidos de alguns líderes do partido durante a campanha para que se lançasse pré-candidato à presidência no Partido Republicano.

Quando lhe perguntaram sobre suas aspirações presidenciais, ele respondeu que "este era provavelmente o meu momento".

"Acho que há uma janela de oportunidade na vida por todos os tipos de razões", acrescentou. Embora eu não saiba, considerando o que acredito e como acredito, não estou certo se também seria bem-sucedido como candidato."

Irmão do ex-presidente George W. Bush e filho do ex-presidente George H. Bush, o ex-governador da Flórida elogiou publicamente o senador Marco Rubio, do mesmo Estado, como potencial candidato a vice de Romney.

De acordo com conselheiros da campanha de Romney, ele está fazendo uma lista de republicanos que considera potenciais vices em sua chapa.

Os nomes dos possíveis candidatos não foram confirmados, mas as especulações se concentram em vários republicanos, incluindo Rubio, o senador Rob Portman (do Estado do Ohio) e o governador de New Jersey, Chris Christie.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAELEICOESBUSHROMNEY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.