Jornal de quase 150 anos encerra atividades nos EUA

The Rocky Mountain News, de Denver, rodou nesta sexta sua última edição

Agência Estado

27 de fevereiro de 2009 | 18h38

A crise dos jornais nos Estados Unidos fez sua maior vítima até agora: o The Rocky Mountain News, o jornal mais antigo do Colorado e uma fixação em Denver desde 1859, publicou sua última edição nesta sexta-feira. "Adeus Colorado", lia-se na manchete da edição comemorativa de 52 páginas, que envolveu o jornal regular. "PAREM AS ROTATIVAS" lia-se na manchete do jornal regular.   A E.W. Scripps Co., empresa à qual pertence o jornal, informou na quinta-feira que o diário perdeu US$ 16 milhões no ano passado e que a companhia não conseguiu um comprador viável desde que anunciou sua venda, em 4 de dezembro. "Hoje, o Rocky Mountain News, por muito tempo a principal voz de Denver, torna-se uma vítima das mudanças em nossa indústria e dos grandes desafios econômicos", disse o executivo-chefe da Scripps, Rich Boehne, na quinta-feira.   O jornal é o último - e o maior - a sofrer as consequências da recessão que tem sido especialmente brutal para essa indústria em meio à queda de rendimentos com a venda de anúncios. Quatro dos 33 jornais diários dos Estados Unidos pediram concordata nos últimos dois meses e meio. Vários outros estão à venda.   A edição especial destaca alguns dos melhores trabalhos do jornal, dentre eles matérias vencedoras do prêmio Pulitzer e fotografias. A última edição saiu com cerca de 350 mil cópias, acima da circulação diária de 210 mil. Aos sábados, a tiragem costumava ser de 457 mil. "É muito raro que você possa tocar a música em seu próprio funeral, então, você tem de ter certeza de que fará isso bem", disse o editor John Temple.   O fechamento do jornal deixa o Denver Post como o único diário da cidade. A E.W. Scripps Co. é dona do jornal desde 1926. O diário fecha suas portes apenas dois meses antes de completar 150 anos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
jornalcrisedenverrocky mountain

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.