Juiz suspende julgamentos de acusados do 11/09 em Guantánamo

Um juiz militar norte-americano suspendeu, nesta quarta-feira, o julgamento de cinco prisioneiros acusados de planejar os ataques de 11 de Setembro, dando tempo para o presidente Barack Obama decidir se vai ou não fechar os tribunais de Guantánamo. A decisão interrompe os julgamentos do caso em que se pede a pena de morte pelo menos até maio, mas foi considerada por advogados de defesa como o fim dos tribunais especiais de guerra na base dos EUA na Baía de Guantánamo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.