Julgamento de genro de Bin Laden é marcado para janeiro em Nova York

Um julgamento federal de um genro de Osama bin Laden acusado de conspirar para matar norte-americanos começará em janeiro em Manhattan, Nova York, nos Estados Unidos, determinou um juiz nesta terça-feira.

Reuters

09 de abril de 2013 | 20h24

Suleiman Abu Ghaith, que atuou como porta-voz da Al Qaeda em vídeos, é uma das figuras de mais alto escalão do grupo a enfrentar um julgamento nos Estados Unidos por crimes relacionados aos ataques de 11 de setembro de 2001.

Ele foi capturado na Jordânia em 28 de fevereiro e levado secretamente aos Estados Unidos pela polícia federal norte-americana (FBI) em 1º de março.

O juiz distrital Lewis Kaplan determinou nesta terça-feira que o julgamento comece em 7 de janeiro de 2014. Em 8 de março, Abu Ghaith se disse inocente.

Seus advogados Martin Cohen e Philip Weistein não estavam imediatamente disponíveis para comentar, assim como os advogados que representam o governo.

(Reportagem de Bernard Vaughan)

Tudo o que sabemos sobre:
EUABINLADENJANEIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.