Kerry diz à Rússia que investigadores precisam poder ir a local de queda do avião

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, ressaltou durante telefonema com o chanceler russo, Sergei Lavrov, que os investigadores internacionais precisam ter acesso total ao local da queda do avião da Malaysia Airlines na Ucrânia, informou o Departamento de Estado.

REUTERS

19 Julho 2014 | 17h34

Kerry disse a Lavrov que os Estados Unidos estão "muito preocupados" sobre os relatos de que restos mortais das vítimas e destroços estavam sendo removidos ou adulterados, disse o Departamento de Estado em um comunicado.

Kerry disse que os EUA também estão preocupados em relação à recusa para um "acesso apropriado" ao local da queda no leste da Ucrânia a monitores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa e investigadores internacionais, acrescentou o comunicado.

(Reportagem de Frances Kerry e Eric Beech)

Mais conteúdo sobre:
EUA RUSSIA LOCALQUEDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.