Kerry diz esperar profundo envolvimento do Congresso no diálogo com Irã

Kerry diz esperar profundo envolvimento do Congresso no diálogo com Irã

"Eu, pessoalmente, acredito, assim como o presidente, que o Congresso tem um papel extremamente importante a desempenhar, e irá desempenhar um papel nisso", disse Kerry, em resposta a uma pergunta sobre se os legisladores norte-americanos poderiam ser excluídos do processo de tomada de decisão sobre a questão nuclear iraniana.

REUTERS

22 de outubro de 2014 | 08h37

O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, disse em uma visita a Berlim nesta quarta-feira que o governo do presidente Barack Obama planejava consultar plenamente o Congresso sobre as negociações em curso com o Irã sobre seu programa nuclear.

Kerry disse que uma eventual suspensão das sanções contra o Irã em qualquer acordo nuclear "de forma alguma exclui o Congresso do processo ou sugere que, no final, o Congresso não vai dar seu voto".

"Prevemos audiências, uma quantidade significativa, de um lado a outro. Nós certamente vamos dar informações à medida que avançamos nas próximas semanas, E estamos ansiosos pelo engajamento sério e profundo do Congresso neste esforço", acrescentou.

(Reportagem de Noah Barkin e Michelle Martin)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIRACONGRESSO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.