Kerry elogia libertação de monitores na Ucrânia e vê papel maior da OSCE

O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, elogiou a libertação na Ucrânia neste sábado de monitores militares da Organização para Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), mas afirmou que mais passos são necessários para reduzir a crise.

Reuters

03 Maio 2014 | 12h01

Kerry disse que conversou por telefone com o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, e que ambos iriam discutir com o presidente da Suíça meios de a OSCE "desempenhar um papel maior de modo a talvez facilitar" a redução da crise.

"Nós dois vamos avançar em ideias sobre como fazer isso, sem nenhuma promessa de quais possibilidades podem surgir. No fim, nós reafirmamos nosso apoio à OSCE", disse Kerry a jornalistas, sem dar detalhes, depois de pousar na República Democrática do Congo para uma visita.

(Reportagem de Phil Stewart)

Mais conteúdo sobre:
EUA UCRANIA OSCE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.