Lavrov diz que Moscou aceita mudança em acordo de cessar-fogo

O ministro das Relações Exteriores daRússia, Sergei Lavrov, disse na quarta-feira que não fezobjeção às mudanças no texto do acordo de cessar-fogo fechadoem Tbilisi pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, maselaborado antes, em Moscou. "O esclarecimento do texto foi aceito", disse Lavrov em uminforme. Sarkozy consultou o presidente russo, Dmitry Medvedev,sobre as mudanças acertadas na Geórgia, segundo o ministro. O novo acordo, alterado devido à insistência do presidentegeorgiano, Mikhleil Saakashvili, não faz referência adiscussões sobre o status futuro das duas regiões georgianasseparatistas, Ossétia do Sul e Abkhásia. Lavrov disse que Moscou não se opôs "porque, em essência,isso não muda nada". (Por Guy Faulconbridge e Conor Sweeney)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.