Mais casos de Ebola em Dallas são 'possibilidade muito real', diz autoridade dos EUA

Um atendente de enfermagem que cuidou da primeira pessoa diagnosticada com a doença no país foi infectado pelo vírus

REUTERS

15 de outubro de 2014 | 09h56

As autoridades locais de Dallas estão se preparando para a possibilidade de mais casos de Ebola, depois que um segundo atendente de enfermagem que cuidou da primeira pessoa diagnosticada com a doença nos Estados Unidos foi infectado pelo vírus, disse uma autoridade local nesta quarta-feira.

"Estamos preparando contingências para mais, e essa é uma possibilidade muito real", disse o juiz do Condado de Dallas Clay Jenkins em entrevista coletiva ao lado de outras autoridades locais.

(Reportagem de Doina Chiacu)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAEBOLADALLASMAISCASOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.