Mais de um milhão de nova-iorquinos recebem 2008 em Times Square

Times Square: queda da bola iluminada completa cem anos em 2008

Efe

01 de janeiro de 2008 | 04h47

Mais de um milhão de nova-iorquinos e turistas desafiaram nesta terça-feira as baixas temperaturas para acompanhar a queda da bola iluminada em Times Square, uma tradição que marca a entrada do Ano Novo e que acaba de completar cem anos. Turistas estrangeiros e de outros estados e moradores dos cinco bairros que formam Nova York se reuniram muitas horas antes nas áreas designadas pela Polícia para presenciar o movimento da tradicional bola sobre o edifício One Times Square. O emblemático edifício serviu no começo do século passado de sede do jornal "The New York Times" e está ligado à origem desta peculiar forma de receber o novo ano. Diversas apresentações musicais, e entre elas de Carrie Underwood e Lenny Kravitz, amenizaram a espera dos espectadores, muitos deles com óculos, gorros e outros adornos alusivos a 2008.  Um minuto antes da meia-noite, a bola começou a descer pelo mastro de 24 metros de comprimento e nos últimos dez segundos do percurso sua trajetória foi acompanhada por uma contagem regressiva que culminou com a iluminação do número 2008, com a voz de Frank Sinatra e a tradicional "New York, New York" ressonando por toda a praça.  Os organizadores do evento prepararam para este ano uma bola que tivesse mais respeito ao meio ambiente ao criar um modelo que usasse menos eletricidade que o habitual, o que não diminuiu sua luminosidade. Os cerca de 700 triângulos de cristal e 9.576 lâmpadas de LED geraram na espetacular bola efeitos de luz e cor para que Nova York desse as boas-vindas a 2008. Mais de uma tonelada de confete inundou os espectadores nesta carismática praça nova-iorquina logo após o início do novo ano. Como em anos anteriores e especialmente depois dos atentados de 11 de setembro de 2001, foi aplicado um forte controle para o acesso do público a Times Square e às ruas próximas, e policiais à paisana permaneceram em alerta entre a multidão. Também foi restringido e até proibido o transito de veículos pelas cercanias de Times Square, e as autoridades pediram durante todo o tempo que os espectadores optassem pelo transporte

Tudo o que sabemos sobre:
Nova YorkTimes Square:bola iluminada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.